Loading...
Laboratório Veterinário em Americana 2019-11-21T17:28:11+00:00

Parceria com Laboratórios Veterinários de Americana

Nós da Med Kal Pet trabalhamos com o objetivo de oferecer os melhores resultados aos nossos clientes. Por esse motivo, nossos profissionais são altamente capacitados, treinados e especializados, além desse fator, possuímos parcerias com laboratórios de Americana com o intuito de facilitar e agilizar o diagnóstico da doença no animal. Nosso diferencial é cuidar da vida de animais domésticos alcançando altas taxas de resultados positivos em tratamentos e cirurgias.

Laboratório Veterinário em Americana
Laboratório Veterinário em Americana
Laboratório Veterinário em Americana

As análises de sangue servem como apoio para diagnósticos clínicos, ainda mais considerando que o peso corporal de um animal é composto por 8% de sangue. A hematologia veterinária é importante para poder identificar doenças mais rapidamente, aumentando a chance de tratamento. Muitas vezes acontecem alterações constantes no hemograma e a causa não fica clara, é preciso fazer uma avaliação da medula óssea. Na hematologia veterinária, o sangue deve ser colhido com seringa e agulha, colocados em tubos com ou sem coagulante, as vezes pode ser recolhido em tubos de vácuo que garantem a esterilidade da amostra. Para as amostras terem representatividade é preciso que o sangue mantenha a sua composição, evitando variáveis e garantindo a exatidão dos resultados.

Estudo bioquímico da célula. Enzimas e coenzimas. Bioquímica e aminoácidos. Bioquímica de proteínas, carboidratos, lipídeos e ácidos nucléicos. Integração e controle do metabolismo. Bioquímica analítica quantitativa

As amostras de fezes devem ser colhidas a fresco e não expostas ao sol, pois os parasitos são frágeis e podem desaparecer prejudicando os resultados. É importante ser enviadas ao laboratório, em recipientes apropriados, no mínimo 3 amostras de fezes de cada animal colhidas em dias alternados, pois os parasitos são eliminados de forma intermitente nas fezes. O exame parasitológico de fezes (EPF) deve ser realizado quando os animais apresentarem palidez nas gengivas; anemia; diarréia com aspecto sangrento, escuro ou pegajoso; fraqueza, perda de peso e morte súbita nos filhotes; prurido (coceira) perianal. A importância do exame está em identificar precocemente o tipo de parasito que está acometendo o animal e realizar um tratamento eficiente.

O exame qualitativo de urina (E.Q.U) é importante para verificar os sinais clínicos de doença renal ou dos órgãos urinários, para exames de triagem em internamentos e pré-cirúrgicos e interesse em complementar o diagnóstico, acompanhando o quadro clínico. Deve ser solicitado esse exame, além das situações citadas, quando o animal apresentar dor ao urinar, freqüentes micções e aumento no volume de urina. A colheita da urina pode ser realizada por:

  • Micção espontânea
  • Massagem da bexiga para induzir a micção
  • Cateterismo: Catéter estéril, lubrificado com antibióticos
  • Punção direta da bexiga: cada vez mais utilizada. Fazer tricotomia, apalpar a região, introduzir uma agulha de fino calibre (25 x 7) seringa 20 ml.
  • É importante após o procedimento de colheita armazenar em um recipiente apropriado e manter refrigerado até o momento da análise (2°-8°C).
  • A coleta para realização do sedimento urinário não necessita de assepsia total, podendo ser recolhida do local onde o animal urinou com a ajuda de uma seringa sem agulha e em seguida deve ser transferida para o frasco adequado, limpo e seco.
  • Na colheita de cálculos urinários, estes devem ser mantidos em temperatura ambiente, não sendo necessário uso de conservantes.

O exame citológico é uma excelente ferramenta para auxiliar o médico veterinário no diagnóstico e no prognóstico. O exame citológico apresenta como característica principal a rapidez no diagnóstico quando comparado ao exame histopatológico; necessitada de pequena quantidade de material. A sua maior limitação é que muitas vezes o exame citológico deve ser confirmado através de um exame histopatológico por não proporcionar a visualização da arquitetura do tecido alterado, como ocorre no histopatológico. É indicada para diferenciar processos inflamatórios agudos ou crônicos e neoplásicos benignos e malignos.

A pele é o revestimento externo do corpo e representa o maior órgão do nosso corpo e também dos animais. Para cães e gatos, a pele desempenha funções importantes tais como: termorregulação, proteção física e contra microorganismos, função sensorial (tato), imunorregulação, reserva de nutrientes e síntese de vitamina D. Porém, ela não é 100% eficaz, podendo sofrer danos externos, parasitários, alérgicos, infecciosos, dentre outros. Por isso a dermatologia constitui uma das mais importantes especialidades da medicina veterinária, representando cerca de 40% da casuísta da rotina dos veterinários. O principal objetivo da Dermatologia Veterinária e a Clínica Veterinária Med Kal Pet exerce perfeitamente é conhecer a pele afundo, reconhecer quando há perda do seu equilíbrio natural, diagnosticá-lo, e oferecer o melhor tratamento para os animais acometidos, que muitas vezes é motivo de sofrimento para o animal e angústia de seu proprietário.

Líquido cavitário é qualquer líquido solto em uma cavidade, como abdomen, articulação, bolsa escrotal, tórax e interstício . Esses líquidos, dependendo da característica, podem sugerir alguma patologia. São denominados de acordo com o local de formação e classificados conforme o tipo de líquido. O que caracteriza o tipo são características físicas (como densidade, coloração e aspecto), químicas ( presença e quantidade de proteínas e pH) e citológicas (características de células no líquido). A análise é feita como na urinálise, por meio de refratômetro e fita.

Os exames sorológicos visam avaliar o soro sanguíneo do paciente quanto a presença e a quantidade de anticorpos produzidos contra um determinado antígeno (patógeno). Para o soro ser obtido é necessário que o sangue seja colhido em tubo sem a presença de anti-coagulante (por exemplo EDTA). em seguida deve-se deixar o tubo com o sangue em descanço sobre refrigeração, e esperar que a coagulação se complete. Em seguida faz-se a centrifugação dos tubos, onde ocorrerá a separação da parte celular e a líquida (o soro).

A Patologia Clínica é uma especialidade que auxilia o Médico Veterinário no diagnóstico e acompanhamento clínico dos pacientes, bem como na prevenção de doenças, por meio da análise do sangue, fluidos corpóreos e materiais orgânicos. O laboratório de patologia clínica do Med Kal Pet tem por finalidade atuar nas mais diferentes áreas de diagnóstico laboratorial, por meio da análise de fluidos corpóreos, sangue, secreções, materiais orgânicos e tecidos. O objetivo é obter a maior quantidade de informações necessárias para um diagnóstico correto e seguro, bem como desenvolver um perfil de saúde dos mesmos, o que é fundamental para a medicina preventiva.

Os exames microbiológicos incluem cultura e identificação de bactérias aeróbias, anaeróbias e fungos, bem como antibiograma. Isto permite ao clínico determinar o agente causador da enfermidade e qual o melhor antibiótico para tratá-la. O antibiograma é feito utilizando antibióticos adequados ao local da infecção, abrangendo tanto os fármacos humanos quanto os veterinários, podendo o clínico utilizar o antibiótico com o princípio ativo mais adequado àquela infecção. O exame pode incluir também contagem das colônias, para avaliar a evolução do tratamento ou, em casos onde uma pequena população é considerada normal, avaliar a presença ou não da patologia.